PENSAR II

Posted: Junho 15, 2011 in Uncategorized

Não nos podemos debruçar sobre o espelho do pensamento, sem interpretar as imagens que ele nos reenvia a cada momento, temos que procurar a todo o custo compreender como a grande superfície lisa desse espelho foi sendo construída, a pouco e pouco pela soma e pela e fusão de fragmentos, de constatações, a princípio chamadas de ideias, depois de vivências. Entendamos pois pensamento como um neologismo, onde o ser enquanto mortal, exerça jurisdição sobre a mente num acto continuo de autocontrolo, ou mesmo de protecção individual exaustiva e ou até extensiva ao universo complexo do cérebro.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s