Orgulho

Posted: Junho 15, 2011 in Uncategorized
Orgulhosamente pobres
Somos todos, todos.
Há o pobre sem dinheiro.
Há o pobre de espírito.
Há o pobre de opinião.
Há o pobre sem razão.
Há o pobre com razão, aquele que á nascença é castrado, de ideais, de sonhos, de futuro, de sucesso, que pensa pequenino, insignificante ser deambulando pela vida qual ser microscópio pelo organismo, aqueles em que a vida passa por eles sem darem por isso, sem vontade de morrer, pois a felicidade, a utopia é sempre amanha. Triste realidade a que vivem, sós, orgulhosamente sós, neste quotidiano implacável a que se deixam vergar, dominados, tristes, tão tristes que alegremente assumem a vida, pequenina, com sorrisos cínicos mostrando seres omnipotentes, pobres meus amigos, são estes o que têm razão, aqueles a quem o fim de vida roubou a vontade, a afirmação, a coragem de dizer não.
Se tiverem espírito e não tiverem razão ou dinheiro, tenham sempre opinião, porque esta será a vossa única razão de viver, pois a felicidade, ideal utópico, nunca mais será amanha.
Sem dinheiro
Com espírito
Com opinião
Com razão
SERÃO
ORGULHOSAMENTE RICOS.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s