OBRIGADO RAUL

Posted: Junho 15, 2011 in Uncategorized

Hoje é o dia em que te levamos ao cemitério, levamos o teu corpo, tu continuas entre nós, no nosso bairro onde nasceste, onde brincaste onde aprendeste e ensinaste (Guilherme Cônsul), onde soubeste o que era uma pia de pedra na cozinha e a falta de uma casa de banho digna, onde haviam dias marcados para tomar banho (Quarta e Domingo), onde aprendeste a defender os pobres e a faze-los sorrir ate com um simples olhar ou uma atitude mais conseguida. Brincavas muito, mesmo muito mas quando foi preciso apanhaste o jeito de comerciante com o teu pai, falavas a todos fizeste-te um homem depressa, Brincavas muito, a minha mãe dividiu contigo e com os da vossa idade as brincadeiras improvisadas dos pobres, fazias das vassouras cavalos e dos cavalos homens, nunca tiveste vergonha do nosso bairro, como alguns que em vez do nome diziam o nome da freguesia, foste amigo do Casimiro e enquanto ele assistia ao teu sucesso nunca deixaste de o ser, foste sempre amigo.

Davas rebuçados aos putos quando saias da leitaria do Manuel Pedro (a mim), davas a Alma e nela encontravas em novos e em velhos tudo o que em ti nós encontrávamos.

Fazias rir apenas e só apenas porque tu fazias rir, porque toda a gente estava bem-disposta ao teu lado, escreveste um dia que na tua lápide querias algo parecido com: AQUI JAZ RAUL, CONTRA A SUA VONTADE, esqueceste-te de rectificar: CONTRA A NOSSA VONTADE.

Obrigado RAUL, O MELHOR GAGO DO MUNDO.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s