É

Posted: Junho 15, 2011 in Uncategorized

É assim a vida, marcada por encontros e desencontros, por palavras, actos, omissões, por aqueles de que gostamos, e por outros que nos são indiferentes, choros e alegrias, felicidade e fobias. Marcamo-nos uns aos outros, passageiros desta viagem com termo, singulares seres, apetecíveis criaturas, mortais, simples mortais, buscando ideais utópicos em pormenores térreos, complicando esta passagem efémera numa luta diária contra o tempo que nos escapa entre as mãos, quais contrabandistas de sonhos, idealistas da razão sem complemento directo, acrobatas de circo na corda bamba, trabalhadores sem trabalho.

Simples sobreviventes sem consciência agarrados ao fim, ao acesso ao Édipo, às banais casualidades sem horizontes nem objectivos, sem causas nem lutas, sem verdade, sem coragem para dizer BASTA.

Navegantes de rios de águas mansas sem conseguir remar contra a maré de um rio sem foz, para o bem? Para o mal? Pouco importa. Esta sede que há na gente, fazendo parte de nós, há-de ter uma razão, nem que seja, lentamente, lado a lado, mão com mão……

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s