Apetece-me PENSAR-É PECADO?

Posted: Junho 15, 2011 in Uncategorized

Examinar a mente diverge da extrema pesquisa empírica do sofrimento, diverge da extrema necessidade do estudo da reflexão critica do pensamento, a finalidade de estudo deve ser o vazio teórico e o constante conhecimento produzido metodologicamente e sistematizado da insignificância do nada.

Tomemos como pilares centrais da acção o animal e o seu meio ambiente, ou seja, o Homem cosmopolita, e como estratégia apenas o interpretar de um outro animal, um outro Homem cosmopolita, a conexão existente dará como fruto final o nada, o vazio de opinião crítica envolve a acção, torna-lha uma simples realidade a seus olhos, uma simples experiencia pessoal, um estado de espírito baseado em informações readquiridas numa outra fase experimental do passado. A partir desta inter-relação entre os pilares da falsidade humana, temos que, a verdade da análise é tão só um ponto nevrálgico discordante do próprio processo.

Como se constrói então uma mente? Como se faz então uma analise mental credível?

Estarei doente?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s